O PGJ Presente é um projeto que percorre cidades pólo em todas as regiões de Goiás com o objetivo de aprimorar o diálogo entre a administração do MP e os promotores

04 de Ago / 2017
O procurador-geral de Justiça de Goiás, Benedito Torres Neto, realizou na manhã desta sexta-feira dia 4 de agosto a abertura da quarta edição do projeto PGJ Presente, realizada em Catalão, na região Sudeste do Estado. Além dos promotores do município, participam também das comarcas de Corumbaíba, Cumari, Goiandira, Ipameri, Orizona, Pires do Rio, Santa Cruz de Goiás, Urutaí e Vianópolis.



Benedito Torres afirmou que o objetivo do MP tem sido atingidos, o destaque do evento foi a recente nomeação de 15 novos promotores substitutos, aprovados no último concurso e que serão empossados no dia 25 de agosto. "Temos de aprimorar a atuação do Ministério Público e essa é uma oportunidade de a administração dialogar com cada promotor, ouvir suas demandas e debater nossos trabalhos, como projetos de grande impacto que estamos desenvolvendo nas áreas de enfrentamento às drogas e do sistema penitenciário"  afirmou.

O PGJ Presente é um projeto que percorre cidades pólo em todas as regiões de Goiás com o objetivo de aprimorar o diálogo entre a administração do MP e os promotores. Já foram realizadas três edições em 2017, em Jataí, Formosa e Porangatu.

Participam da reunião de Catalão, além da coordenadora das promotorias da comarca, os promotores Leandro Franck de Oliveira Ávila (vice-presidente da AGMP), Roni Alvacir Vargas, Cláudio Braga Lima, Fábio Santesso Bonnas, Gabriela Rezende Silva, Pedro Caetano da Silva Filho, Lucas Arantes Braga, Simone Sócrates de Bastos, Paulo Eduardo Penna Prado, Fabrício Roriz Hipólito, Simone Disconsi de Sá Campos, Gabriela Rezende Silva e Lucas César Costa Ferreira.

Fonte: MP-GO
(Texto: Leandro Coutinho/Fotos: João Sérgio - Assessoria de Comunicação do MP-GO).









Create Account



Log In Your Account